O Que Você Deve Saber Antes De Ter Um Pug

Por ter clicado aqui você provavelmente já está decidido em aumentar a família e ter um pug em casa, né? A raça ficou popular nos últimos anos quando influenciadores começaram a expor seus pets na web. Mas é importante ressaltar pontos específicos sobre eles. Vamos descobrir?

Principais cuidados com o pet

Antes de receber o seu pet em casa, veja como é importante preparar o território para ele. Descubra abaixo:

     1. Atenção com os olhos

Os olhos mais saltados são uma das características mais marcantes dos pugs, alguns preferem tê-los justamente por essa individualidade. Mas, isso requer prudência por parte dos donos — coleira muito apertada não é recomendado. O animal também está mais predisposto a ter úlcera de córnea e exoftalmia, portanto, o cuidado é redobrado.

      2. Focinho

Por conta do focinho mais achatado, os pugs enfrentam problemas de respiração, o que ocasiona roncos que podem incomodar algumas pessoas. Logo, antes de ter um certifique-se que isso não é um problema para você. Além disso, os exercícios precisam ser feitos de forma moderada, para não prejudicar sua respiração.

      3. Dobrinhas

O pug é conhecido por ser todo fofinho. Sobretudo, no rosto entre as dobrinhas é importante limpá-lo com soro fisiológico e secar bem. Isso impede infecções e acúmulo de sujeira, que futuramente poderá ocasionar a aparição de dermatites (irritações e alergias de pele).

     4. Peso

A raça tem tendência a ganhar peso facilmente, então é importante que a caminhada seja uma constante na rotina do animal, sempre no início da manhã e ao anoitecer, onde as temperaturas estão mais amenas. Prefira rações mais saudáveis, e caso você não tenha muito tempo para passear com seu doguinho, pode contratar um profissional que o faça. Hoje já existem muitos serviços confiáveis nesse ramo.

Origem dos peludos

Originado da China, o pug logo foi levado a Europa e ganhou popularidade com as damas da sociedade. Chegado na Inglaterra, foi adotado como pet da nobreza e modelo de obras de artes.

Devido a intervenção humana, a raça foi cruzada com outros tipos de cães, e isto gerou características especiais nos pugs, como o focinho achatado e olhos esbugalhados. A sua modificação genética aconteceu entre a raça de mini bulldog.

Com tempo de vida entre 12 a 15 anos em média, eles são dóceis, tranquilos e latem pouco. Se adaptam fácil a ambientes com presença de crianças, idosos ou outros cães — até preferem não ficar sozinhos.

Mas, se seus donos são pessoas enérgicas precisam entender que o pug talvez não acompanhe o ritmo acelerado visto que costumam ser pouco hiperativos.

Conheça os pugs mais blogueiros da internet

A fama da raça pug alavancou no Brasil nos últimos anos, quando influentes como Kéfera começou a registrar sua paixão pelos pets, mas já haviam outros bem famosos na internet e nós listamos alguns para você morrer de amores:

Doug The Pug – @itsdougthepug
Homerpugalicius – @homerpugalicious
Honey Honju – @honeyhonju
Jolie – @pug_jolie
Amigo Pug – @amigopug

A equipe Alpha Conde possui profissionais especializados e aptos para atender suas dúvidas e emergências. Esperamos que seu cãozinho esteja sempre saudável, mas caso precise de ajuda nossos médicos veterinários estão a sua disposição!

Outros artigos